Olhos nos Olhos, de Eugénio Mourão



 Lindos são os teus olhos, cor da terra,
 Castanhos ousados, os meus contidos.
 Como janelas com vista para os céus
 Os teus estrelas, que iluminam os meus.
 E as tuas sobrancelhas, alecrim da serra,
 As minhas desnudas, outeiros despidos.
 Flores de girassol que se voltam para mim,
 Os teus, quantas vezes dispersos e alheios,
 Outras, asas de borboletas batem que sim,
 Ao sol, e ao olhá-lo nos teus, encandeio.
 E sonho, ao fixá-los tão profundamente,
 Ficam vidrados de paixão, reflexo dos teus.
 O mundo para! O olhar escurece!
 Porque os teus olhos leem os meus.
 O corpo desperta o peito, humedece
 A boca, e diz mudas palavras em voz.
 Sentinelas que abrem alas ao coração,
 Sorriso de alma embaciado em vós,
 Como semáforos em ruas de solidão.
 Noite de nevoeiro que cega o mar,
 De compaixão, faróis mostram o cais,
 Intermitentes, olho os teus sinais,
 Como pirilampos que brincam no ar.
 Fê-los Deus, e um dia ao olhar adeus,
 Levarei para sempre o amor dos teus.

 Eugénio Mourão

8 comments:

Anonymous said...

Um dos poemas fantasticos que o autor fez! Parabens :)

Eugénio Mourão said...


Só gostaria de agradecer. :)

Anabela Magalhães said...

Lindo! Muitos parabéns, vizinho!

Eugénio Mourão said...

Obrigado, Anabela. Bjs. :)

susana said...

As palavras saem facilmente da tua boca, mais não fazem do que falar dos sentimentos que habitam/ transbordam em ti. Parabéns, Eugénio.

Eugenio Mourao said...

Obrigado, Susana. A vida só é merecida, se for mesmo vivida. E eu estou a tentar "salvar" a minha! O tempo urge e eu preciso de mostrar quem fui e quem sou, por dentro e por fora! Preciso urgentemente de morrer bem comigo e com o mundo!

Mariana Siqueira said...

Texto belíssimo! Escreves muito bem, Eugênio. Estou a acompanhar seus textos aqui de longe. Gosto muito de ler sobre o amor e tua poesia é bela de se ver. Aqui no Brasil a sonoridade das palavras é diferente e portanto li com o sotaque português, deu mais emoção ainda. Belo texto, belo mesmo!

Mariana Siqueira
http://o-amor-em-poesia.blogspot.com

Eugénio Mourão said...

Obrigado, Mariana, pelo carinho das tuas palavras. Fiquei emocionado. :)